quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Vais-te lembrar de mim....

Há-de ser sem avisar...
Ocorrerá derepente,
num mero descuido teu,
a minha lembrança vira a tua mente..

Algo no ar te lembrará o meu perfume.
Sentirás o mesmo palpitar no coração,
que da noite em que, pela primeira vez,
se uniram o meu alento a tua respiração.

Um sorriso surgirá no teu rosto,
os teus olhos se enevoarão,
todos os belos momentos vividos,
como a chuva, sobre ti, cairão.

E rirás e chorarás...
Irás recordar o nosso tempo
E então compreenderás,
que ate ao momento
ninguém beijos te deu
como os que te dei eu...

Anoitecerá o sorriso no teu rosto
E os olhos ja não conterao o pranto.
Compreenderás que ninguém, neste mundo,
te poderia amar tanto, tanto... 

 (...)

Sem comentários:

Enviar um comentário